Como é o controle de funcionários em uma casa inteligente?

Tags:

Se você trabalha ou viaja muito e sua família é bastante atarefada, muito provavelmente conta com um ou mais profissionais domésticos para cuidarem de sua casa, tais como faxineiros, jardineiros, cozinheiros etc. E mesmo que eles passem pouco tempo cuidando da residência, é fundamental que os moradores tenham um sistema de monitoramento que controle todas as suas atividades, mesmo que depositem total confiança no funcionário devido aos seus anos de trabalho.

Mas como você irá controlar o que um profissional está fazendo dentro da sua residência enquanto não está presente? Graças à automação residencial, isso é perfeitamente possível. Os dispositivos de segurança inteligentes não só ajudam você a ficar ciente do que está acontecendo em sua casa, como também melhoram a sua relação com o profissional contratado. A seguir, veja como acontece o gerenciamento de profissionais em uma casa inteligente:

O controle de acesso à casa inteligente

Para trabalhar em sua casa, o profissional precisa ter um fácil acesso a ela, seja para entrar ou sair. Ao possuir fechaduras eletrônicas, você pode dar a ele um código de usuário. Ao inserir esse código na fechadura, ele poderá entrar em sua casa no horário preestabelecido e você receberá um alerta em tempo real diretamente no seu smartphone. Isso elimina a tradicional prática de ter que ficar esperando o profissional para abrir a porta pra ele.

Além disso, a fechadura eletrônica evita que você deixe as chaves debaixo do tapete ou entregue-as para o funcionário, que pode perdê-las e pôr a sua casa em risco. E caso não queira dar um código de acesso ao profissional, você também pode abrir a porta para ele remotamente. Basta que ele confirme a sua chegada à residência e, através do aplicativo instalado em seu dispositivo móvel, você pode conceder o acesso a ele de maneira remota.

O sistema de monitoramento do trabalho realizado

No universo da segurança residencial, as fechaduras eletrônicas não são as únicas que ajudam você a controlar a chegada e saída dos funcionários. Existem também os sensores de imagem, que dão uma ‘atualização visual’ de quem está entrando na sua residência. Ao instalar esse sensor na porta da frente, você receberá um alerta em seu smartphone com uma foto do profissional que entrou em sua casa.

E se ela possui câmeras de segurança, também é possível ver uma transmissão ao vivo do trabalho que o profissional está realizando. A partir de qualquer lugar do mundo, você e qualquer outro membro da sua família poderão fazer o monitoramento por vídeo ou imagem do funcionário. Dessa forma, você terá uma maior conveniência ao controlar o seu trabalho sem ter que sacrificar a segurança da sua residência.

A automação residencial garante segurança

Para dar uma maior proteção à sua casa, você pode definir um prazo para o funcionário inserir seu código na fechadura eletrônica. Por exemplo: o código deve ser inserido das 8:00 as 8:30 e 16:00 as 16:30. Neste caso, ele terá um prazo de trinta minutos para entrar ou sair da residência. Antes ou após estes horários, o código que o profissional inserir ficará inválido e ele não conseguirá entrar, aumentando assim a segurança da sua residência.

E se o funcionário que você contratou está encarregado apenas de limpar a área externa da sua casa, não faz sentido ele entrar no seu interior, não é verdade? Com as fechaduras eletrônicas, você pode impedir que ele entre na sua casa ou tenha acesso não autorizado a determinados cômodos. E caso ele termine o seu trabalho e saia da residência deixando a porta aberta, você receberá um alerta e poderá trancá-la remotamente.

Viu só como é fácil gerenciar os funcionários que trabalham em sua casa com dispositivos inteligentes? Caso queira conhecer mais estas soluções, entre em contato com a gente!